120 de Ciência: Enfermeiros apresentam níveis moderados de felicidade no trabalho
O estudo de Sofia Feitor e Elisabete Borges da ESEP demonstrou que os enfermeiros apresentam níveis moderados de felicidade no trabalho e baixos de trauma psicológico.
data

Os enfermeiros apresentam níveis moderados de felicidade no trabalho e baixos de trauma psicológico. Este foi o resultado do estudo publicado por Sofia Feitor e Elisabete Borges, da Escola Superior de Enfermagem do Porto.

No artigo intitulado “Felicidade no trabalho e trauma psicológico em enfermeiros”, as investigadoras tiveram como objetivo analisar a relação dos níveis de felicidade no trabalho e trauma psicológico em enfermeiros e a sua alteração em função de variáveis sociodemográficas e profissionais.

Foi realizado um estudo transversal com uma amostra de 113 enfermeiros. A recolha de dados foi feita através de questionário sociodemográfico e profissional.

Os resultados mostram que as variáveis: sexo, pessoas dependentes a cargo e atividades de lazer influenciam a satisfação com o trabalho. Também a idade, filhos, atividades de lazer, experiência profissional e horário de trabalho têm influência no trauma psicológico. Foi, assim, identificada uma correlação negativa fraca entre a satisfação com o trabalho e o trauma psicológico.

O estudo permitiu concluir que os enfermeiros apresentam níveis moderados de felicidade no trabalho e baixos de trauma psicológico. Sugere-se, então, que maiores níveis de felicidade podem proteger os profissionais de traumas psicológicos.

Sobre os autores

Sofia Azevedo Feitor
Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal

Elisabete Borges
Escola Superior de Enfermagem do Porto, Cintesis, Portugal

Resposta aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
3ODS
8ODS

Mais
artigos

Ensino Superior
ESEP participa em missões internacionais

A Portugal Polytechnics International Network (PPIN) já realizou três missões no ano de 2022, nas quais a Escola Superior de Enfermagem do Porto participou, com o objetivo de promover a internacionalização do Ensino Superior Politécnico Português.

Ler mais »