Workaholism e interação familiar – Estudo comparativo com enfermeiros portugueses e espanhóis
Estudo avalia a influência que o workaholism, o engajamento e a interação familiar desempenham no bem-estar e segurança dos enfermeiros.
data

Em conversa com a ESEP, a docente Elisabete Borges falou sobre o seu mais recente artigo, onde faz um estudo comparativo com enfermeiros portugueses e espanhóis, para perceber, identificar e comparar os níveis de vício em trabalho, envolvimento e interação familiar entre enfermeiras portuguesas e espanholas.

Mais
artigos