Tertúlias

Ouvir o
Pensamento

28 de maio de 2024 | 21:00

Auditório Paulo Parente

Rua Dr. António Bernardino de Almeida,
4200-072 Porto

Reorganização do Mundo Globalizado: Dimensões da "Nova" Questão Social

A Escola Superior de Enfermagem do Porto (ESEP), irá realizar, ao longo do ano de 2024, tertúlias com pessoas que têm ideias ou pensamentos amadurecidos sobre temas de reflexão relevantes.

No dia 28 de maio vamos “ouvir o pensamento” do Doutor Manuel Carvalho da Silva sobre Reorganização do Mundo Globalizado: Dimensões da “Nova” Questão Social. A tertúlia decorrerá entre as 21:00 e as 22:30 horas no Auditório Paulo Parente da ESEP-Sede.

Esta tertúlia, organizada em parceria com a Associação de Estudantes (AEESEnfP), desenrolar-se-á sobre a forma de uma entrevista conduzida pelo docente da ESEP, Abel Paiva.

Evento gratuito com inscrição obrigatória, limitada aos lugares disponíveis. 

Manuel Carvalho
da Silva

Manuel Carvalho da Silva
Manuel Carvalho da Silva foi operário eletricista, planificador de trabalho, sindicalista, coordenador e secretário-geral da CGTP-Intersindical Nacional entre 1986 e 2012, Confederação que representou em diversas organizações nacionais e internacionais. Licenciado e doutorado em Sociologia pelo ISCTE-IUL, é Diretor e Coordenador do Laboratório Colaborativo para o Trabalho, Emprego e Proteção Social (CoLABOR). Foi, designadamente, Professor Catedrático convidado da Universidade Lusófona, Vice-Presidente do Conselho Geral da Universidade do Minho, coordenador do Observatório Sobre Crises e Alternativas e do polo de Lisboa do CES da Universidade de Coimbra e também membro do Conselho Técnico Científico da Escola de Saúde do Alcoitão Autor de vários livros e capítulos de livros e de centenas de artigos sobre trabalho, emprego, sindicalismo, Estado Social, Europa, globalização. Tem ampla participação no debate público e académico. É autor dos livros “Acção social – transformação e desenvolvimento”, “Agir contra a corrente – reflexões de um sindicalista” e “Trabalho e sindicalismo em tempo de Globalização – reflexões e propostas”.