120 de Ciência: Maioria dos estudos evidencia a efetividade das intervenções educacionais
O estudo publicado pelo docente e investigador, Wilson Abreu, teve como objetivo evidenciar a efetividade das intervenções educacionais no conhecimento, atitude e prática para a prevenção de infeções respiratórias em adultos e idosos. 
data

A maioria dos estudos evidencia a efetividade das intervenções educacionais. Esta foi a conclusão retirada do estudo que conta com a participação do docente da ESEP, Wilson Abreu.

O artigo com o título “Efetividade de intervenções educacionais na prevenção das infecções respiratórias: revisão sistemática e metanálise” foi publicado na REBEn, Revista Brasileira de Enfermagem.

Teve como objetivo evidenciar a efetividade das intervenções educacionais no conhecimento, atitude e prática para a prevenção de infeções respiratórias em adultos e idosos.

Foi realizada uma revisão sistemática em 11 bases de dados. Selecionaram-se estudos primários, sem restrição de idiomas e de recorte temporal, do tipo ensaio clínico randomizado, não randomizado e antes e depois.

Os resultados evidenciaram a efetividade da intervenção em sete estudos. Os resultados da metanálise de efeitos aleatórios mostram que existe diferença estatisticamente significativa entre o conhecimento sobre prevenção de doenças respiratórias para a ocorrência de eventos representados por melhora de conhecimento.

Foi possível concluir que a maioria dos estudos evidencia a efetividade das intervenções educacionais, determinada através do inquérito Conhecimento, Atitude e Prática.

Mais
artigos

Ensino Superior
ESEP participa em missões internacionais

A Portugal Polytechnics International Network (PPIN) já realizou três missões no ano de 2022, nas quais a Escola Superior de Enfermagem do Porto participou, com o objetivo de promover a internacionalização do Ensino Superior Politécnico Português.

Ler mais »