ESEP marca presença pela primeira vez na revista “The Lancet”  
Carlos Sequeira, docente da ESEP e investigador da CINTESIS, publica carta ao editor que destaca um aumento da ansiedade em relação à crise climática por todo o mundo.
data

Na carta ao editor intitulado “Climate anxiety: trigger or threat for mental disorders?”, o investigador da Escola Superior de Enfermagem do Porto e CINTESIS, Carlos Sequeira, em parceria com Francisco Sampaio, docente na Universidade Fernando Pessoa, assinala a existência de um número crescente de jovens, entre os 16 e 25 anos, com ansiedade climática ao nível mundial. Esta é a primeira vez que a ESEP conta com uma publicação numa das mais eminentes publicações em saúde, a revista “The Lancet”.

Nesta publicação, Carlos Sequeira explica que o conceito de “ansiedade climática” se refere ao conjunto de perturbações provocadas pela crise climática atual e que abrange todo o mundo.

Embora ainda não seja considerada uma perturbação mental, o comentário aponta para uma maior prevalência da ansiedade climática nos países mais pobres, localizados em áreas mais afetadas pelas mudanças no clima. A literatura analisada no estudo sugere, também, que este anseio está mais presente nos jovens, uma vez que estes são mais informados e preocupados com as alterações climáticas.

Apesar de ainda não se saber qual a ligação entre a ansiedade climática e as perturbações mentais, o estudo conclui que há a necessidade imperiosa de proteger a saúde mental dos jovens.

Mais
artigos

Podcast
“120 de Ciência”, o novo podcast da ESEP

O podcast intitulado “120 de Ciência” dedica-se à exploração dos estudos científicos da comunidade da ESEP. O primeiro episódio já está disponível. Em apenas 2 minutos, é apresentado o artigo publicado, em coautoria, por Margarida Reis Santos, docente da Escola Superior de Enfermagem do Porto.

Ler mais »