Docentes da ESEP publicam na Revista Baiana de Enfermagem
As docentes da Escola Superior de Enfermagem do Porto, Olga Ribeiro e Manuela Martins publicam artigo na Revista Baiana de Enfermagem.
data

A docente da Escola Superior de Enfermagem do Porto, Olga Ribeiro publicou o artigo “Atividades de enfermagem que contribuem para a qualidade dos cuidados: análise fatorial confirmatória da escala”, na Revista Baiana de Enfermagem.

A Escala de Perceção das Atividades de Enfermagem que Contribuem para a Qualidade dos Cuidados (EPAECQC) construída em 2016 com base nos padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem, tem sido frequentemente utilizada no contexto hospitalar para identificar a perceção dos enfermeiros acerca das atividades de enfermagem que contribuem para a qualidade dos cuidados.

Este artigo, escrito em coautoria com Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva Martins, Daisy Maria Rizatto Tronchin, Paulo João Figueiredo Cabral Teles, Letícia de Lima Trindade e João Miguel Almeida Ventura da Silva pretende, através de um estudo metodológico que contou com a participação de 3.451 enfermeiros de 36 hospitais portugueses, analisar a estrutura fatorial da Escala de Percepção das Atividades de Enfermagem que Contribuem para a Qualidade dos Cuidados.

Na sequência da análise fatorial realizada e das medidas de ajuste implementadas, emergiu uma alteração no número de dimensões da EPAECQC. Enquanto a Escala original contempla sete dimensões, a proposta que sobressaiu deste estudo tem seis dimensões, sugerindo a possibilidade de agrupar num único fator as dimensões “satisfação do cliente” e “promoção da saúde”.

Através deste estudo foi possível concluir que as atividades dos enfermeiros que conduzem à promoção da saúde estão estreitamente ligadas às que proporcionam satisfação ao cliente. Acresce ainda que o ajuste indicado na composição da Escala, além de constituir um estímulo para os enfermeiros atuarem em consonância com todos os enunciados descritivos, vem reforçar, mais uma vez, a necessidade de as práticas de promoção da saúde serem devidamente incorporadas no exercício profissional dos enfermeiros no contexto hospitalar, até porque poderão ser determinantes para a satisfação do cliente, bem como para promover a visibilidade da profissão.

Mais
artigos

Saúde infantil
Enfermagem em Saúde da Criança e do Jovem – Podcast com a Professora Maria do Céu Barbieri

A docente da Escola Superior de Enfermagem do Porto, Maria do Céu Barbieri é uma das coordenadoras do livro “Enfermagem em Saúde da Criança e do Jovem”. Em conversa com a ESEP falou sobre as motivações que levaram à criação deste livro, sobre o papel desempenhado pelos enfermeiros junto das crianças e jovens, bem como das suas famílias, em situações de saúde e de doença. Falou ainda sobre os desafios futuros para a Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica em Portugal.

Ler mais »